Centrinho: Centro Educacional de Niterói https://www.centrinho.g12.br O Centro Educacional de Niterói (CEN) é uma escola experimental que se mantém na vanguarda da educação desde sua fundação em 1960. Sun, 20 May 2018 14:40:34 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.6 https://www.centrinho.g12.br/wp-content/uploads/2018/02/cropped-favicon-centrinho-niteroi_512-32x32.png Centrinho: Centro Educacional de Niterói https://www.centrinho.g12.br 32 32 5548214 Copa do Mundo chegando. Tem movimento no CEN. https://www.centrinho.g12.br/copa-do-mundo-chegando-tem-movimento-no-cen/ https://www.centrinho.g12.br/copa-do-mundo-chegando-tem-movimento-no-cen/#respond Fri, 11 May 2018 20:17:34 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1744 Copa e Movimento

The post Copa do Mundo chegando. Tem movimento no CEN. appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
Os alunos do Ensino Fundamental e Médio do professor de Arte Rogério Coutinho trabalharam com os movimentos do futebol. Deu um lindo mural

The post Copa do Mundo chegando. Tem movimento no CEN. appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/copa-do-mundo-chegando-tem-movimento-no-cen/feed/ 0 1744
Torneio Desportivo: de 14 a 18 de maio https://www.centrinho.g12.br/torneio-desportivo-de-14-a-18-de-maio/ https://www.centrinho.g12.br/torneio-desportivo-de-14-a-18-de-maio/#respond Wed, 02 May 2018 16:57:26 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1704 Torneio Desportivo, atividade que conta com a participação de alunos do 6o ano do Ensino Fundamental à 2a série do Ensino Médio, acontecerá no período de 14 a 18 de maio na parte da manhã!

The post Torneio Desportivo: de 14 a 18 de maio appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
O Torneio Desportivo, atividade que conta com a participação de alunos do 6o ano do Ensino Fundamental à 2a série do Ensino Médio, acontecerá no período de 14 a 18 de maio na parte da manhã.

Dentre as atividades, teremos a Corrida Rústica, que será no dia 18 de maio em São Francisco. A corrida será pelo calçadão da praia, tendo início na Praça José Martí, em frente ao Mc Donald ́s, e seu término próximo à estação do Catamarã, onde haverá água, guaraná natural , biscoitos, chocolates e frutas.

Os alunos deverão estar no local para conferência e numeração às 7h10.

Informamos que o transporte de ida, dos alunos que irão participar da atividade, será de competência dos responsáveis e será responsabilidade da escola o transporte dos alunos participantes da corrida no retorno para o Centrinho. Para tanto, é necessário que cada aluno pague R$ 15,00 na tesouraria da escola, para o custeio do lanche e do transporte de volta.

Solicitamos o pagamento e a entrega da autorização em anexo na tesouraria da escola, impreterivelmente, até o dia 15 de maio.

Após a corrida haverá a confraternização de encerramento. Recomendamos que os mesmos devam levar, caso queiram usar a piscina: roupa de banho, chinelo de dedo, toalha e uma muda de roupa.

Cardápio

The post Torneio Desportivo: de 14 a 18 de maio appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/torneio-desportivo-de-14-a-18-de-maio/feed/ 0 1704
Nossa língua. https://www.centrinho.g12.br/nossa-lingua/ https://www.centrinho.g12.br/nossa-lingua/#respond Mon, 23 Apr 2018 14:33:18 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1683 O jornal Folha de São Paulo publicou hoje, dia 23 de abril de 2018, um excelente material sobre a Língua Portuguesa. Vale a leitura. Para acessar, utilize os links abaixo: http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2018/o-tamanho-da-lingua/#/ https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/04/derivada-do-latim-lingua-portuguesa-e-a-setima-mais-falada-no-mundo.shtml http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2018/o-tamanho-da-lingua/#/slide7 Você pode também clicar na imagem para acessar. Boa leitura.

The post Nossa língua. appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
O jornal Folha de São Paulo publicou hoje, dia 23 de abril de 2018, um excelente material sobre a Língua Portuguesa. Vale a leitura. Para acessar, utilize os links abaixo:

http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2018/o-tamanho-da-lingua/#/

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/04/derivada-do-latim-lingua-portuguesa-e-a-setima-mais-falada-no-mundo.shtml

http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2018/o-tamanho-da-lingua/#/slide7

Screenshot O Tamanho Da Língua Especiais Folha De S Paulo

Você pode também clicar na imagem para acessar. Boa leitura.

The post Nossa língua. appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/nossa-lingua/feed/ 0 1683
Povos Indígenas NO Brasil. Não basta uma data. https://www.centrinho.g12.br/povos-indigenas-no-brasil-nao-basta-uma-data/ https://www.centrinho.g12.br/povos-indigenas-no-brasil-nao-basta-uma-data/#respond Wed, 18 Apr 2018 14:43:19 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1672 No passado, uma boa parte da população, algumas vezes na vida, saiu da sua escola “fantasiado” de índio e ou desenhou uma figura com cocar e barraquinhas individuais desenhadas em forma de X. Éramos índios estadunidenses e nem sabíamos. Aos pouco temos quebrado a tradição e aprendido um pouco mais sobre os povos indígenas que […]

The post Povos Indígenas NO Brasil. Não basta uma data. appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
No passado, uma boa parte da população, algumas vezes na vida, saiu da sua escola “fantasiado” de índio e ou desenhou uma figura com cocar e barraquinhas individuais desenhadas em forma de X. Éramos índios estadunidenses e nem sabíamos. Aos pouco temos quebrado a tradição e aprendido um pouco mais sobre os povos indígenas que vivem NO Brasil (e não que são DO Brasil) em sua imensa diversidade cultural, linguística, artística. Vamos também, aos poucos, superando ideias simplistas como a de que eles sejam os “verdadeiros donos” das terras brasileiras, “pois estavam aqui primeiro”, ideia que parte da noção capitalista de propriedade e ignora que os povos indígenas, em geral, tem uma outra relação com a terra, as matas, os animais que não é a relação de posse e propriedade privada.

Desde que o “homem branco europeu” aqui chegou a história dos povos indígenas é uma história de opressão, morte, violências e agressão, mas, também, uma história de luta pela sobrevivência, contra o preconceito, o roubo de suas terras, a ocupação de seus espaços sagrados, a violação de seus costumes.

Diversos mitos e mentiras sobre os povos indígenas acabaram por gerar uma série de ideias distorcidas sobre eles. Uma das mais recorrentes é aquela que tanta indicar quem é quem não é  “mais” índio. Provavelmente por acharmos nossa cultura branca, capitalista e ocidental superior as diversas culturas dos povos indígenas, tentamos congelar os povos indígenas dentro ainda do século XVI. Achamos, talvez, que por terem “uma cultura frágil”, qualquer contato com a nossa “poderosa” cultura irá fazer os povos indígenas perderem as deles… Se estão com roupas ocidentais, aparelhos como celular, laptop, carros; se tem casas, apartamentos; se fazem faculdade; se querem dinheiro; se tem sinais de riqueza, numa estranha mágica, logo dizemos que eles deixaram de ser índios. É quase se como por nos fantasiarmos de índios no carnaval ou se pendurarmos uma arco e algumas flechas em nossas paredes , nós deixássemos de ser ocidentais…Que direito temos nós de determinar quem é ou não um índio?

Amanhã, 19 de abril, por convenção, ainda haverá crianças com a ideia de que os povos indígenas são coisa do passado. Nessa já longa postagem deixamos algumas dicas de sites úteis para conhecer as diversas culturas indígenas, um artigo com os dez principais mitos  e a mentiras que ainda se falam sobre eles , textos e links de vídeos e  até o link de uma rádio indígena. Todo dia ainda É dia de índio.

Os dez mitos sobre os povos indígenas (Veja a explicação para cada um dos itens nesse texto da REVISTA FÓRUM, AQUI) :

Mentira nº 1: Quase não existe mais índio, daqui alguns anos não existirá mais nenhum

Mentira nº 2: Os índios estão perdendo sua cultura

Mentira nº 3: Estão inventando índios, agora todo mundo pode ser índio

Mentira nº 4: O Brasil é um país miscigenado, aqui não tem racismo

Mentira nº 5: Os índios têm muitos privilégios

Mentira nº 6: Os índios são tutelados, por isso índio não vai preso e não pode comprar bebida alcoólica

Mentira nº 7: Tem muita terra para pouco índio

Mentira nº 8: Os índios são preguiçosos e não gostam de trabalhar

Mentira nº 9: Nossa sociedade é mais avançada, não temos nada para aprender com os índios

Mentira nº 10: Os índios atrasam o desenvolvimento do País

DICAS DO CEN :

  1. DOCUMENTÁRIO À SOMBRA DE UM DELÍRIO VERDE :

2. Agência Pública : No “abril indígena”, três líderes falam de resistência. Veja AQUI .

3. Agência Pública : A questão indígena em quatro minutos. Veja AQUI.

4. CACI : Cartografia de Ataques contra Indígenas. Veja AQUI.

5. NEXO : 5 livros para os brasileiros repensarem sua relação com os povos indígenas. Veja AQUI.

6. PIB – Portal Povos indígenas no Brasil. Informações sobre centenas de etnias indígenas. Veja AQUI.

7. RÁDIO YANDÊ – A primeira rádio indígena no Brasil. Ouça e veja AQUI.

 

Índios Cartaz Professores

The post Povos Indígenas NO Brasil. Não basta uma data. appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/povos-indigenas-no-brasil-nao-basta-uma-data/feed/ 0 1672
“Terceirão” 2018 https://www.centrinho.g12.br/terceirao-2018/ https://www.centrinho.g12.br/terceirao-2018/#respond Sat, 14 Apr 2018 16:17:48 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1643 A turma do terceiro ano do E.M. de 2018 do CENTRO EDUCACIONAL DE NITERÓI, já começou a organizar os eventos solidários para a viagem à Porto Seguro.

The post “Terceirão” 2018 appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
A turma do terceiro ano do Ensino Médio do ano de 2018 do CENTRO EDUCACIONAL DE NITERÓI (CEN), já começou a organizar os eventos solidários para a viagem à Porto Seguro. Nesses eventos são vendidos , internamente, doces, salgados e sucos para ajudar ao Projeto Porto Seguro, local onde celebramos nossa amizade, convivemos com os povos indígenas da região e nos despedimos da nossa escola.

No corredores do CEN, com uma rima sem igual, foi ouvida a musiquinha:

“Estamos viajando para Porto,

de pijama peço essa moral.

Dá um ajuda aí galerinha, com moeda para a colação de grau.”

 

Img Wa Img Wa Img Wa Img Wa Img WaImg WaImg WaImg WaImg Wa

Img Wa

 

The post “Terceirão” 2018 appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/terceirao-2018/feed/ 0 1643
Arte no CEN https://www.centrinho.g12.br/arte-no-cen/ https://www.centrinho.g12.br/arte-no-cen/#respond Tue, 10 Apr 2018 17:17:25 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1631 Texto sobre a Metodologia e Objetivos empregada nas aulas de arte do CEN

The post Arte no CEN appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
No CEN, a Arte não é somente uma disciplina. A Arte é parte estruturante de todo nosso projeto político-pedagógico!

ImgUm pouco da nossa metodologia…
A Educação Artística na escola tem, entre outros, o objetivo de familiarizar o aluno com a linguagem visual contemporânea, com ênfase nas raízes históricas, visando a desenvolver a reflexão crítica através da imagem.
É preciso ter em vista o desenvolvimento de habilidades, de atitudes de interesse pela pesquisa e a descoberta através da arte sem a preocupação de formar artistas, mas com a de contribuir para formação do pensamento crítico e para a prática do “conhecer fazendo” em toda e qualquer atividade.
ImgUm pouco dos nossos objetivos….
A Arte na escola visa à integração do indivíduo consigo mesmo e com o mundo, através do desenvolvimento sensomotor, afetivo e cognitivo.
Compreender as inter-relações existentes entre seu comportamento global (afetivo, social, cognitivo e biológico) e as coisas produzidas pela natureza.
Reconhecer o real e o imaginário através da manipulação desses elementos na ação plástica.
Analisar a pluralidade de acontecimentos humanos na sua capacidade de expressão através de uma linguagem plástica.
Propiciar experiência no campo da Arte.
Interpretar as virtualidades da palavra, do corpo com fontes inesgotáveis de motivação cognitiva e afetiva.

Img

Arte é para “CENpre”.

The post Arte no CEN appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/arte-no-cen/feed/ 0 1631
54 anos do golpe civil-militar de 1964. Vamos refletir? https://www.centrinho.g12.br/54-anos-do-golpe-civil-militar-de-1964-vamos-refletir/ https://www.centrinho.g12.br/54-anos-do-golpe-civil-militar-de-1964-vamos-refletir/#respond Sun, 01 Apr 2018 04:56:23 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1614 Dia 31/03/2018 fez 54 anos que um golpe de estado derrubou o presidente eleito João Goulart. Oferecemos aqui um conjunto de materiais para que a comunidade escolar do CEN possa refletir sobre a data. O CEN, como escola de filosofia humanista, repudia todas as formas de ditadura que oprimem o ser humano. O maior acervo […]

The post 54 anos do golpe civil-militar de 1964. Vamos refletir? appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
Banidos

Dia 31/03/2018 fez 54 anos que um golpe de estado derrubou o presidente eleito João Goulart. Oferecemos aqui um conjunto de materiais para que a comunidade escolar do CEN possa refletir sobre a data. O CEN, como escola de filosofia humanista, repudia todas as formas de ditadura que oprimem o ser humano.

O maior acervo de documentos sobre o período está no sítio MEMÓRIAS DA DITADURA  :  http://memoriasdaditadura.org.br/

O material apurado nas diversas comissões da verdade que foram instauradas em estados e municípios brasileiros pode ser encontrada no sítio MEMÓRIAS REVELADAS :  http://www.memoriasreveladas.gov.br/

Existe um aplicativo para celulares que ajuda a estudar sobre o período, chamado  DITADURA NA MEMÓRIA : https://ditadura-na-memoria.droidinformer.org/

SEPARAMOS DOIS MATERIAIS RECENTES PUBLICADOS NA IMPRENSA SOBRE O TEMA :

A jornalista de O Globo, Miriam Leitão, que foi presa política, escreveu ontem no jornal sobre a data o texto O DIA QUE INVENTOU A NOITE : https://blogs.oglobo.globo.com/miriam-leitao/post/o-dia-que-inventou-noite.html

A revista semanal Carta Capital publicou uma entrevista com Marília Bonas, diretora do Museu da Resistência, em São Paulo, onde a mesma declarou que
“a parte civil da ditadura se manteve intacta”. Leia e veja o vídeo aqui : https://www.cartacapital.com.br/sociedade/201ca-parte-civil-da-ditadura-se-manteve-intacta201d

 

 

 

 

 

 

The post 54 anos do golpe civil-militar de 1964. Vamos refletir? appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/54-anos-do-golpe-civil-militar-de-1964-vamos-refletir/feed/ 0 1614
Afinal, com a nova Base Nacional Curricular Comum, para onde vai a Educação? https://www.centrinho.g12.br/afinal-com-a-nova-base-nacional-curricular-comum-para-onde-vai-a-educacao/ https://www.centrinho.g12.br/afinal-com-a-nova-base-nacional-curricular-comum-para-onde-vai-a-educacao/#respond Wed, 28 Mar 2018 15:32:40 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1318 O educador Mauro Sala aponta os rumos que a educação brasileira pode tomar com a nova BNCC.

The post Afinal, com a nova Base Nacional Curricular Comum, para onde vai a Educação? appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
Para onde aponta a Base Nacional Comum Curricular para o Ensino Médio?

Dentre as muitas incertezas que temos em relação ao futuro do Ensino Médio no país, uma coisa é certa: a Reforma do Ensino Médio e a Base Nacional Curricular Comum vêm para tornar a educação da juventude mais precária e estreita e, também, prepará-la para um processo ainda mais profundo de controle e privatização.

Mauro Sala – Campinas – quarta-feira 28 de fevereiro| Edição do dia

Última etapa formal para a implementação da Reforma do Ensino Médio, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) está em processo final de elaboração e, parece, seguirá ainda esse ano para sua aprovação definitiva.

Como sabemos, a Reforma do Ensino Médio, imposta primeiro por medida provisória por Michel Temer (MDB) e depois transformada em lei em fevereiro de 2017, alterou profundamente a seção IV da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a LDBEN, dividindo e Ensino Médio em uma parte a ser definida pela Base Nacional Comum Curricular e outra por “itinerários formativos” divididos por áreas de formação e formação profissional.

A Base Nacional Comum Curricular definirá “os direitos e objetivos de aprendizagem do ensino médio” e será organizado por “áreas de conhecimento”. Esses direitos e objetivos, segundo consta no texto da LDBEN reformada, “não poderá ser superior a mil e oitocentas horas do total da carga horária do ensino médio, de acordo com a definição dos sistemas de ensino”. Após cumprir-se esse tempo “de acordo com a definição dos sistemas de ensino”, os estudantes serão encaminhados para um dos itinerários formativos específicos.

Assim, para a implementação da Reforma do Ensino Médio, a publicação da Base Nacional é fundamental.

Mas a questão é: para onde aponta essa Base?

No contexto das políticas de avaliação em larga escala e da responsabilização das escolas e dos professores, a publicação da BNCC significará um tremendo estreitamento curricular. As avaliações externas e em larga escala, por definição, só poderão medir aquilo que é comum. Assim, haverá uma pressão para que escolas e professores se limitem ao ensino do que está definido na BNCC e deixem de lado outros conteúdos e práticas que, embora façam a educação mais rica, não entrarão na definição da “qualidade da educação”, que cada vez mais é definida pela pontuação alcançada nessa ou naquela avaliação.

A publicação da Base em articulação com a Reforma do Ensino Médio aumentará ainda mais a distância entre os processos de formação dos jovens de acordo com sua origem social. Base Nacional e itinerários formativos específicos formarão um amalgama que coloca em risco tanto a formação geral da juventude quanto sua formação profissional.

O estreitamento curricular que a Base aponta fica claro quando vemos a ênfase em Português e Matemática, que, conforme nos informa o Estado de São Paulo, são as duas únicas disciplinas constante na proposta. Todas as outras disciplinas foram diluídas em suas áreas.

Quem já deu uma olhada na estrutura da BNCC sabe que ela é toda organizada em códigos, numa forma adequada à quantificação necessária para avaliações, ranqueamento e responsabilização. A Base não virá para garantir os direitos de aprendizagem dos estudantes, mas para estabelecer um chão firme para o controle quantitativo dos resultados e a responsabilização e penalização de escolas e professores.

Além dos efeitos sobre as escolas e professores, com um aumento da pressão por resultados quantificáveis e avaliados externamente, a publicação da BNCC irá mover um estrondoso mercado de materiais e tecnologias educacionais, agora em escala nacional, para preparar os estudantes para os objetivos da Base, que – não tenha dúvida – é apenas uma maior pontuação nos exames, que passa a ser o critério de qualidade da educação.

E isso não apenas na educação básica, já que a BNCC também terá um efeito direto sobre a formação de professores definindo também os conteúdos dos cursos de licenciatura.

A pretensa interdisciplinaridade na formulação da Base Nacional para o Ensino Médio, com sua organização por áreas, segue uma tendência das políticas educacionais desde o governo anterior, quando organizou o ENEM por áreas de conhecimento e não mais por disciplina.

Entretanto, essa interdisciplinaridade defendida pelo MEC como princípio pedagógico não se sustenta tanto assim, visto que a BNCC para o Ensino Fundamental seguiu sua divisão disciplinar.

A organização da Base cria um chão bastante instável para os professores do Ensino Médio do país. Como cada sistema irá organizar a divisão dos conteúdos de cada área? Todas as disciplinas serão mantidas ou também organizarão a escola simplesmente por áreas? haverá demissão de professores e novos concursos para todas as áreas de formação? Sobre nada disso as políticas de Temer para o Ensino Médio dão respostas.

Mas já sabemos que a limitação da carga horária para a BNCC, e o prosseguimento em itinerários formativos diversificados, atingirá todas as disciplinas do Ensino Médio, com excessão de Português e Matemática.

O que sabemos também é que, dado o conjunto de reformas que o governo golpista de Temer vem tomando contra os trabalhadores e a juventude e o alinhamento empresarial do grupo que domina o Ministério da Educação, boa coisa não virá. Dentre as muitas incertezas que temos em relação ao futuro do Ensino Médio no país, uma coisa é certa: a Reforma do Ensino Médio e a Base Nacional Curricular Comum vêm para tornar a educação da juventude mais precária e estreita e, também, prepará-la para um processo ainda mais profundo de controle e privatização.

(Extraído do Esquerda Diário) – escrito por

Mauro Sala

Possui bacharelado e licenciatura em Ciências Sociais e mestrado em Educação Escolar pela FCL-UNESP, Araraquara; atualmente cursa o doutorado em Educação na FE-UNICAMP. É professor de Sociologia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), campus de Hortolândia. e-mail – mauro.sala1@gmail.com

The post Afinal, com a nova Base Nacional Curricular Comum, para onde vai a Educação? appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/afinal-com-a-nova-base-nacional-curricular-comum-para-onde-vai-a-educacao/feed/ 0 1318
22 de Março – Dia Mundial da Água https://www.centrinho.g12.br/22-de-marco-dia-mundial-da-agua/ https://www.centrinho.g12.br/22-de-marco-dia-mundial-da-agua/#respond Thu, 22 Mar 2018 18:11:05 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1493 6º ano: PROJETO – “Preservar para não faltar” O projeto “Água: Preservar para não faltar.” foi desenvolvido pelas professoras de Ciências e de Artes (Carine Almeida, Joana Blass e Andrea Tibau), junto aos alunos de sexto ano do Centro Educacional de Niterói. O objetivo do projeto foi o de conscientiza-los sobre a importância do Dia […]

The post 22 de Março – Dia Mundial da Água appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
6º ano: PROJETO – “Preservar para não faltar”

O projeto “Água: Preservar para não faltar.” foi desenvolvido pelas professoras de Ciências e de Artes (Carine Almeida, Joana Blass e Andrea Tibau), junto aos alunos de sexto ano do Centro Educacional de Niterói. O objetivo do projeto foi o de conscientiza-los sobre a importância do Dia Mundial da Água, criado pela ONU em 1992. Ao longo do projeto, os alunos pesquisaram e discutiram sobre problemas relacionados à poluição, escassez e desigualdade na distribuição de água em nosso planeta. Evidenciando a importância de cuidar e preservar este bem natural essencial para manutenção da vida.

Através de desenhos, poemas e frases relacionados aos temas discutidos, foi elaborado um painel para ser exposto nos corredores da escola com intuito de conscientizar toda a comunidade escolar sobre a importância deste dia. Todos os alunos presentes participaram ativamente do projeto; expondo suas opiniões, pensando em soluções e formas de reutilização para que possamos fazer melhor uso da água em nosso dia a dia.

Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Jpg Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino Dia Mundia Da Agua Centrino

The post 22 de Março – Dia Mundial da Água appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/22-de-marco-dia-mundial-da-agua/feed/ 0 1493
ConfraternizaCEN 2018 https://www.centrinho.g12.br/confraternizacen-2018/ https://www.centrinho.g12.br/confraternizacen-2018/#respond Fri, 02 Mar 2018 12:40:02 +0000 https://www.centrinho.g12.br/?p=1290 ConfraternizaCEN .é um evento em que toda comunidade escolar vivencia uma manhã de lazer e confraternização na escola.

The post ConfraternizaCEN 2018 appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
ConfraternizaCEN .é um evento em que toda comunidade escolar vivencia uma manhã de lazer e confraternização na escola.

The post ConfraternizaCEN 2018 appeared first on Centrinho: Centro Educacional de Niterói.

]]>
https://www.centrinho.g12.br/confraternizacen-2018/feed/ 0 1290