Boleto mensalidade
CPF:

Sobre o novo Centrinho

Não há nada mais inspirador e instigante para todos nós quando estamos diante de novas facetas da vida. O Centrinho se transformou, avaliou e reavaliou as suas bases, suas diretrizes, sua essência e rumou para o futuro carregando na sua bagagem o melhor que tem a oferecer para toda a comunidade escolar.

Modernização, dinamismo, reviravoltas… estas e outras palavras fazem parte do nosso novo caminhar rumo ao mundo do conhecimento, da aprendizagem.

De mãos dadas com a Base Nacional Comum Curricular, já há tempos, desde 2020 ao implementarmos as trilhas de aprendizagem, abolimos o olhar mecânico e moldado que a forma de educação oferecia e nos livramos das amarras para nos inserirmos completamente nos encantos da BNCC.

A interpretação contida ao longo das linhas descritas na BNCC é muito além do que, hoje, rasamente é polemizado. Ao revés, propõe um leque de opções evolutiva para o alcance do desenvolvimento pleno e integral do estudante, através das habilidades e competências.

Nosso jardim floresce nesse sentido. A nossa proposta construtivista, multifacetada, nos fortifica e nos engrandece ao lançarmos dos saberes dos teóricos que os semearam.

Assim, emolduramos uma educação multifacetada que atende a transdisciplinaridade, permeando movimentos pedagógicos que flutuam deste a teoria Piagetiana, no início da formação físico-comportamental a partir de uma concepção que valoriza a criança e compreende o processo de aprendizagem, através da construção cognitiva, como também na interação social, perpassando por outros esquemas teórico-conceituais e metodológicos, de Vygotsky a Montessori e Freinet, que ainda hoje convergem essencialmente para o desenvolvimento de uma educação contemporânea e de vanguarda. Tudo em prol do respeito às individualidades, com liberdade, autonomia e, em síntese, estimulando o senso de responsabilidade, que converge a favor de uma educação humanista para o despertar de variadas competências a se desenvolver no aluno.

O avanço tecnológico nos atravessa segundo a segundo com várias novidades e aqui, o Centrinho caminha para o futuro sem perder o que possui de melhor: sua essência humanista, que é a sua identidade.

Primamos pela igualdade de oportunidades, buscando atender as individualidades e o bem-estar do aluno, colocando os conhecimentos das diferentes áreas e eixos de aprendizagem em perfeita harmonia com os princípios éticos que permeiam as relações humanas. Nosso intuito é contribuir para a formação de uma pessoa ética, crítica, capaz de tomar decisões sensatas e empáticas, isto é, um ser humano integrado na sociedade.

O Centrinho é uma escola em movimento que busca proporcionar uma formação holística para o seu corpo discente, explorando o seu senso crítico peculiar, estimulando-o a assumir o papel ativo no seu próprio processo de aprendizagem, respeitando a sua individualidade.

Nesse passo de ideias, apresentamos para toda a nossa comunidade escolar a nossa logomarca e esmiuçamos o seu significado abaixo. Vejamos:

– A imagem circular menor representativa da consoante “C”, de dentro pra fora, cingida de outras duas letras “C” maiores ladeadas da direita para esquerda, alude à imagem de uma criança/adolescente (aluno).

Este aluno se coloca de braços abertos para o conhecimento, aconchegado nos braços da família.

– A letra “C” de tamanho médio é representada pela família, que acolhe a sua criança/adolescente (aluno) e ambos são alusivamente também abraçados por uma letra “C” maior.

A família é o elo entre a escola e o aluno, o que justifica sua posição central na representação que a põe como a letra “C” no meio e entre o “C” menor (Aluno) e o “C” maior (Escola). Ela exerce, portanto, uma grande força na formação de valores culturais, éticos e morais, os quais são transmitidas de geração para geração.

– A letra “C” maior representa o abrigo que a escola institucionalmente oferta por meio de um ensino com qualidade suprema a seus alunos de modo a prepará-los para os enfrentamentos dos desafios da vida e da sociedade.

A letra C que a todos abraça e que tem posição fulcral em todo o contexto ideológico da logomarca expõe o sentimento e a responsabilidade que o Centrinho consigo carrega, os quais se refletem no ideário de uma educação libertadora em cujo limiar estruturante nos põe em direitos iguais de aprendizagem, afinal, nos dizeres Freirianos, não há quem saiba mais ou saiba menos, há tão e só, saberes diferentes.

Em representação abaixo do logotipo, a palavra “Centrinho” é formada por letras modernas com cores itinerantes, que exprimem o crescimento humanista e holístico do aluno.

O colorido do emblema representa o pluralismo de ideias que incentiva o diálogo e o respeito ao contraditório como princípios de uma pedagogia democrática, tal que vislumbre uma educação estruturante que tenha como ponto nodal de formação a extinção dos preconceitos, a igualdade de direitos e a justiça.

A forma do emblema, noutro prisma, indica a conjuntura constitucional da educação, posicionando família, aluno e escola no mesmo plano de ação educacional, abraçados e abertos ao conhecimento e à formação.

Em termos jurídicos, a logomarca encontra fundamentos na Constituição Federal de 1988, (notadamente no seu artigo 205), na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9394/1996), bem como no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8069/1990), os quais, em linhas gerais, expressam que a educação é direito de todos e dever do Estado, abrangendo processos formativos que se desenvolvem na vida familiar e em outros ambientes que norteiam a criança e o adolescente. Por fim, é dever de todos e do Estado promover o pleno desenvolvimento da pessoa e seu preparo para exercer o seu papel pleno de cidadão.

O ideário da logomarca pressupõe estimular a inserção do aluno em sua própria educação, entrelaçando atividades em grupo estimulando a criação dos valores de empatia e solidariedade, sendo abraçados pela família e a escola, que a todos acolhe.

Nosso propósito é que todos os envolvidos na educação oferecida pelo Centrinho passem a observar com atenção a instituição escolar e a família, considerando suas diferenças e semelhanças, compreendendo-as sob o olhar denso da cultura, respeitando todos os cidadãos, enquanto sujeitos sociais e históricos, mantendo o respeito recíproco e a cooperação como pilares de uma atuação social unívoca.

Enfim, esse é o nosso Novo Centrinho, que reflete os nossos pilares e apresenta como objeto central a garantia de que a educação seja sempre pautada nos princípios de amor, paz, respeito, ética, diálogo e acima de tudo na integridade social.